A demanda por estas miniaturas cresceu tanto no Brasil que algumas lojas até se especializaram em peças para mini moto, que fornecem os mais variados itens para a fabricação e conserto destas belezinhas.

Peças para minimotos

Tem gente que gosta tanto de motos que apenas os modelos de tamanho convencional não lhes faz feliz, e precisam também colecionar as versões em miniatura para terem a paixão sempre por perto, acessível aos olhos e ao toque das mãos.

Feitas para agradar adultos e crianças, as mini motos são opções para quem quer fazer bonito em tamanho reduzido. Elas têm a aparência de um brinquedo – e podem ser usadas como tal –, mas quem as conhece bem sabe que sua complexidade não deixa nada a desejar em relação às demais motocicletas.  Elas podem ser encontradas em várias cores e modelos, como réplicas dos modelos originais em tamanho “grande”, possuem motor a gasolina, embreagem com quantidade diversificada de marchas, capacidade de atingir até 55 km/hora, suspensão, freio hidráulico e a disco e tantas outras características comuns aos grandes veículos.

Alguns pais adquirem a mini moto para si, enquanto outros a compram para incentivar uma paixão no filho pequeno. Para estes, existe até a possibilidade de colocar rodinhas na miniatura para que a criança possa se equilibrar com mais facilidade. Com modelos para passeio e para cross, as mini motos são levadas a sério não apenas pelos fabricantes e revendedores de peças, mas também por quem dá os primeiros passos na carreira de motociclista, mostrando que, assim como diz o ditado, “tamanho não é documento”.

Poucos acreditam, mas as mini motos são ainda bastante resistentes, podendo aguentar facilmente o peso de um adulto de até 91 kg, dependendo do modelo da motocicleta. Comparadas ao kart, mas com preço mais acessível e manutenção mais em conta, há até competições em autódromos para os marmanjos que querem saber qual a sensação de montar uma mini moto e alguns chegam a dizer que a sensação de velocidade parece até ser maior na motinha, enquanto outros reclamam da dor nas costas pela posição incômoda de pilotagem para quem já é “grandinho”.

Feitas de materiais variados, elas funcionam com perfeição, levando seus proprietários a terem os mesmos cuidados com sua conservação e manutenção como se estivessem tratando de uma motocicleta de tamanho grande. A demanda por estas miniaturas cresceu tanto no Brasil que algumas lojas até se especializaram em peças para mini moto, que fornecem os mais variados itens para a fabricação e conserto destas belezinhas.

Com aparência delicada, mas nem tão frágeis assim, são embreagens, breques, carburador, pistão e tantas outras peças em tamanho diminuto e preço que também cabe no bolso, mas às vezes, por causa da procura, é preciso encomendar uma peça, que pode vir até mesmo do exterior ou ser feita sob encomenda, o que pode encarecer um pouco o valor do produto. Para cuidar das mini motos existem até mecânicos especializados nos detalhes destes pequenos veículos e para encontrá-los, basta solicitar informações nas “mini moto peças”, ou seja, lojas que comercializam peças e ferramentas ou contatar fabricantes e colecionadores para trocar figurinhas e saber que profissional de confiança procurar para mexer em seu veículo.

A Internet aparece como uma aliada dos apaixonados por mini motos, já que por meio das redes sociais eles podem trocar informações sobre modelos, peças, valores, mão de obra, etc e ainda agendar encontros, negociar aquisições e combinar até uma disputa em autódromo. A pesquisa de preço inclusive se faz mais fácil por meio da rede internacional de computadores e, em alguns casos, é possível negociar valores de peças, acessórios e fretes para conseguir um preço bacana e que compense tanto ao comprador quanto ao vendedor, mas sempre procurando referências da prestação de serviços daquele estabelecimento junto a outros consumidores apaixonados pelas mini motos.

No Brasil é possível encontrar fabricantes e vendedores de mini motos em diversos estados, o que facilita bastante a busca dos compradores das miniaturas e muitos fabricantes, além de manter sites para a comercialização das miniaturas e de suas peças, ainda dão dicas online de como e onde adquirir acessórios para personalizar a mini moto, além de ensinar a montar o veículo e dar dicas de como utilizá-lo da melhor maneira possível, minimizando possíveis problemas com combustível velho, limpeza, conservação e outros cuidados que devem ser tomados no dia a dia.

Independentemente de ser adquirida para o uso de um adulto ou de uma criança, é imprescindível destacar que o uso de acessórios de segurança ajuda a manter a integridade física do usuário. Óculos, capacete, luva, bota, caneleira, colete e outros itens deixam a brincadeira mais garantida e também podem ser adquiridos nas lojas que vendem peças para mini motos.

Minimotos BR

Tudo que você queria saber sobre essas mini máquinas!
Todos os direitos reservados, é vedada a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.